5 coisas de bricolage que toda a gente deveria saber

Há algumas tarefas de bricolage que são particularmente fáceis e úteis para casa.

 

  • Montagem de móveis 

 

A verdade é que as lojas tradicionais e de fabrico Português costumam trazer a mobília a casa e fazer a respectiva montagem – embora isso seja cada vez um serviço pago, à imagem das grandes multinacionais. Não saber pregar um prego pode-lhe sair muito caro se quiser mobilar a sua casa de forma low-cost! Mas damos uma dica: procure orçamentos para montagem de mobília na Fixando, porque geralmente encontra preços mais baixos do que os praticados pelas lojas.

 

  • Restaurar móveis antigos

 

Quase todos os decoradores de interiores gostam de contrastar o aspecto ultra-moderno da decoração com peças mais vintage ou móveis antigos restaurados. Além disso, é uma forma de incorporar móveis de família na decoração da casa, poupar dinheiro com móveis novos e evitar desperdício. Só tem a ganhar, certo?

 

  • Jardinagem

 

Okay, tecnicamente a jardinagem não é uma tarefa de “bricolagem”. No entanto, é inegável que a jardinagem é muito útil para quem tem um pequeno jardim ou alpendre. Até para criar um micro jardim na sua varanda – com as suas próprias plantas aromáticas e legumes – convém saber noções básicas de jardinagem. Se as suas plantas morrem sempre… esta dica é para si. 

 

  • Pintura de Interiores

 

Às vezes – muitas vezes – basta uma pequena pintura de interiores para mudar radicalmente uma casa. Mas pintar a casa é divertido e não tem nada de complicado! Se vai começar a morar sozinho ou se vão começar a morar juntos agora, atrevam-se a pintar a vossa própria casa. 

 

  • Limpeza de tapetes 

 

A última tarefa de bricolagem indispensável é, sem dúvida, a limpeza de tapetes. A limpeza de tapetes fora de casa é sempre mais profissional, claro, e recomenda-se pelo menos uma vez por ano. Mas para a limpeza habitual e rotineira da casa, basta juntar vinagre, água e bicarbonato de sódio. Depois, use uma escova e vá lavando o tapete. Para as manchas difíceis, junte um pouco de detergente.

 

4 Problemas Que Só Descobriu Durante a Quarentena

woman-in-blue-tank-top-standing-near-kitchen-counter-3785684.jpg

Agora que estamos sempre em casa, todos demos de conta que alguns problemas que, até agora… nos tinham passado francamente despercebidos. 

  1. A banca da cozinha não escoa bem

Não é que esta seja uma novidade absoluta. Mas nunca tinha sido bem um problema, porque a banca ia escoando enquanto finalmente nos sentávamos e descansávamos no sofá. Mas a quarentena acabou com a nossa doce despreocupação. Agora que não temos por onde fugir, há que admitir que a banca não escoa rápido e que (talvez) seja boa ideia desentupir o sifão pela primeira vez em… quantos anos, mesmo?

  1. O forno aquece mais de um lado 

Se é uma daquelas pessoas que comprou pizzas congeladas (e outras refeições congeladas) para ter em casa durante a quarentena, esta está na sua lista. Um dos problemas que nunca tínhamos descoberto é que o forno aquece mais de um lado do que noutro – e a pizza e as lasanhas não douram de forma igual. Os bolos ficam ligeiramente “tostados” ali na pontinha. Às vezes, sai fumo. A boa notícia é que, quando acabar a quarentena, pode fazer a reparação do forno e dizer adeus aos queimados à la carte.

  1. É difícil limpar armários altos 

Aqueles armários que pareciam uma excelente ideia para arrumar os edredons no Verão, as coisas antigas dos miúdos, aquelas travessas dadas pela nossa querida tia mas que nunca usamos e aquela batedora que usamos exactamente 3 vezes? Afinal, é uma chatice para chegar lá cima e limpar o pó dos sítios altos. Se quer mesmo eliminar o pó do habitat familiar, provavelmente vai acabar a quarentena a pedir serviços de limpeza profissional para pó e acáros.

  1. As paredes brancas podem ser desesperantes

Olha para a nossa parede branca, limpa, familiar… Nunca tinha sido um problema antes. Mas isso foi mais uma coisa que a quarentena veio mudar, porque não tem gracinha nenhuma passar o dia no quarto a olhar para a mesma parede. Subitamente, os quadros de cortiça que tínhamos no quarto nos anos 90 não parecem tão má ideia – mas isto é só o desespero a falar! Pense nos quadros que gostaria de ter em sua casa, de que cor gostaria de pintar a parede e deixe esses projectos de decoração de interiores para o futuro próximo.