5 Dicas para fazer tricô e não perder a paciência

les-triconautes-e4SnJ23SUDU-unsplash

Les Triconautes

O tricô pode ser um jogo de paciência, mas não é uma arte impossível de dominar

Comece com pontos básicos. 

A primeira dica para fazer tricô é começar pelos pontos mais básicos: o Ponto Meia e o Ponto Tricô. Se tentar fazer pontos mais complexos, o mais provável é sentir-se frustrada, perder a paciência e desistir! Pratique bem esses dois pontos e aprenda o truque para saber sempre qual é o lado certo antes de se lançar para projectos mais complexos.

Manter o foco no resultado final.

O tricô é um jogo de paciência: às vezes parece que costuramos muito tempo sem ver os resultados. Por isso, é importante não se esquecer do resultado final. Tenha sempre um modelo do que está a tentar fazer para servir de inspiração e lhe dar motivos para continuar a tricotar! 

Incluir o tricô num projecto de decoração.

Outra estratégia para não perder a paciência a fazer tricô, especialmente em mantas grandes, é fazer com que seja parte de um projecto de decoração ou da remodelação de um compartimento. Assim, mesmo que demore a concluir a manta, têm sempre um objectivo final mais do que “fazer x modelo”.  Se está a fazer peças mais pequenas, como um gorro, pense em alguém a quem o oferecer no final.

Distrair-se com um filme ou com uma série.

Quando já estiver confortável com os principais pontos do tricô, vai conseguir tricotar sem estar sempre a olhar para baixo. Por isso, pode tricotar enquanto vê um filme ou uma série sem perder pitada do que se passa no ecrã. Quando o tricô se torna um movimento mecânico, acaba por se tornar relaxante.

Determinação. 

Como sempre, aprender algo novo exige determinação! Vai aprender pontos mais difíceis que não saem bem à primeira. Vai começar peças que parecem intermináveis. Mas não deixe as coisas a meio! Manter a determinação é essencial para conseguir costurar aquele gorro, cachecol ou manta de revista com que sempre sonhou. E no final vai poder dizer: “eu fiz isto”.  Haverá satisfação maior?

Como preparar um bom ambiente de trabalho em casa

tina-witherspoon-ePu9rM_ud7g-unsplash
Tina Witherspoon

 

Se continua a trabalhar em casa, ou se está a preparar-se para continuar a trabalhar em casa durante todo o Outono/Inverno, deixamos aqui alguns truques para ter um escritório caseiro mais confortável. 

Procure luz natural e focos de luz 

A primeira dica para ter um bom ambiente de trabalho em casa é procurar luz natural: fique perto das janelas! A luz natural “activa” naturalmente o nosso cérebro – nem nos obriga a forçar os olhos mais do que o necessário – por isso é muito importante procurar um escritório numa zona naturalmente iluminada. Além disto, deve completar o escritório com um bom candeeiro de secretária, já que ao final do dia a luz natural pode não ser suficiente. Se vai ficar a trabalhar em casa (provavelmente) durante todo o Inverno, então faça um projecto de iluminação para trabalhar sem luz natural. 

Escolha mobiliário ergonómico

Ficou com dores de costas depois de duas semanas a trabalhar em casa? Tem dores no cóccix? Problemas no pescoço? Tudo isso são sintomas de que não está a usar o mobiliário adequado para trabalhar. É importante contar com uma cadeira ergonómica e com uma mesa que se ajuste à sua altura (ou, em alternativa, uma cadeira que possa subir e baixar para adaptar à altura da mesa). Um designer de interiores pode ajudá-lo a encontrar material de escritório ergonómico que não destrua completamente o aspecto da sua sala! 

Mantenha o seu espaço limpo e organizado

Nunca é demais repetir: somos mais produtivos quando está tudo limpo e organizado. Se tem falta de arrumação, procure um armário de gavetas que caiba debaixo da secretária, por exemplo. Organize os seus papéis em capas ou com elásticos. Tenha uma agenda ou um quadro branco onde apontar as tarefas pendentes. Quer mais ideias? Veja aqui. E se for preciso, procure um serviço de limpeza semanal para manter o seu escritório (e a sua casa) limpa

Uma frase motivacional 

Por último: tenha uma frase motivacional no seu escritório! Trabalhar a partir de casa, sozinho, sem um colega por perto, pode ser um desafio. Por isso, encha-se de referências positivas! 

O top 3 estilos de decoração de interiores para o Verão

Quando o grande confinamento começou, estávamos em Março. Quatro meses depois, é hora de dar outras cores à casa para nos sentirmos num sítio diferente. Aqui fica o nosso top 3 estilos de decoração de interiores para o Verão! 

 

Ideias para reciclar portas antigas e uma surpresa para o fim de ...

Estilo sustentável e madeiras reaproveitadas

A decoração sustentável está na moda o ano inteiro, mas o Verão é uma época em que floresce. A maioria de nós tem mais tempo para se dedicar a projectos DIY – porque não um projecto em família com os miúdos? – e também há mais disponibilidade para fazer do terraço uma zona de trabalho. Aproveite para restaurar portas e janelas antigas e dar-lhes outro uso, mudar as cadeiras ou fazer macramé na praia.

 

Nordic Posters Canvas Painting — Coconut Palm Tree Pink Beach Sea

Cores suaves, mas vivas

Esta é uma dica de decoração de interiores de Verão que também é muito válida para quem continua a passar muito tempo em casa. É importante ter cores suaves e que não ferem os olhos, mas no Verão privilegiamos as cores mais vivas. Se no Inverno e no Outono estamos dispostos a ter mantas escuras, no Verão é altura de forrar os sofás com tecidos cor-de-rosa claro, lilás, azul-turquesa ou padrões. Estes pequenos detalhes de decoração de interiores vão fazer com que não sinta que a casa está igual desde que tudo isto começou!

 

Um cheirinho a Verão na decoração de interiores

Existe um estilo de decoração de interiores de Verão? Claro que sim. A decoração de Verão cheira a mar, a frutas da época e calor. Traga conchas e búzios para casa, tire a loiça portuguesa tradicional do armário (estilo Bordallo) e tenha um centro de mesa cheio de pêssegos, figos, bananas, ameixas e melancia. Leve as plantas mais sensíveis ao Sol para dentro de casa e deixe que a Natureza entre pela sala adentro!